sábado, 19 de julho de 2008

O SENHOR DOS VENTOS – 3ª PARTE


Créditos: Alessandro Ferreira Créditos: Alessandro Ferreira
SAGE DE CÂNCER & HARUKEI


Ikki: - Eleve-se cosmo! Eleve-se ao máximo!


{{{AVÊ FÊNIX}}}
http://www.flogao.com.br/alexzanardisg/foto/228/125595024



Ikki com o punho direito lança um poderoso feixe de luz e fogo sobre seu oponente http://www.flogao.com.br/os3juizes/foto/102/116268873 .
Mas
Éolo defende-se colocando as mãos. O ataque de Ikki atinge suas mãos, sendo detido.


Ikki: - Não pode ser! Ele deteve novamente meu ataque!
Éolo: - Sou um deus seu verme humano! Sou tão poderoso que darei um privilégio a você... De ser derrotado pelo seu próprio golpe!

Ele faz o inacreditável!
Contra ataca com a técnica de Ikki!

Ikki: - O que? (Sem chances é atingido) NÃO!

O cavaleiro de Athena é lançado contra uma das poucas colunas que estavam de pé. E em seguida atinge o chão. Neste instante aparecem as pernas de um cavaleiro.

Éolo: - Não pode ser!
Ikki se move e em seguida olha para cima: - Você veio?
Éolo: - O que faz aqui?

A imagem acompanha a estrutura da bela armadura de Hércules. Que olha bastante sério para Éolo.

Ikki: - Hércules!
Hercules: - Você está bem cavaleiro Fênix?
Ikki
: - Sim! Estou!
Éolo
: - Hum! Hércules o traidor... Veio salvar a vida deste verme cavaleiro de Athena?
Hércules: - Não!

Começa a caminhar na direção do senhor dos ventos.

Éolo queimando seu cosmo: - Lutará contra mim? Hum! Terei o prazer de destruir o filho de Zeus?
Hércules se aproxima e para diante de
Éolo e olha firme em seus olhos. Intimidando-o: - Não lutarei contra você... Estou apenas de passagem.

Ignorando o deus. Hércules caminha na direção da saída do Templo.

Éolo se enfurece: - O que pensa que esta fazendo? (Seu punho direito brilha) Hércules você se acha poderoso? Acabarei com você também!

Hércules para e queima seu cosmo.

HÉRCULES

Éolo detém-se: - O que? Mas que cosmo poderoso!
Hércules de costas e com os olhos fechados: - Não vejo a necessidade de lutar com você...
Ikki o derrotará!
Éolo
: - O que? (Dá uma gargalhada) Não seja tolo! O que o faz pensar que ele seja capaz?
Hércules: - O
Ikki me derrotou quando chegou com Athena aqui no Olimpo.
Éolo
: - O que?
Hércules: -
Ikki... Lembre-se de minhas palavras a respeito dos deuses... E mais! Athena doou a ti parte de seu cosmo... Valorize esta prova de confiança de nossa deusa.

Hércules segue para a saída.

Éolo se enfurece: - Hércules seu...
Ikki
: - Deixe-o ir... (Éolo se vira e lá está... O cavaleiro de Fênix com uma expressão demonstrando confiança) Seu oponente sou eu!
Éolo
: - Cavaleiro de Athena... O Hércules te deu confiança?
Ikki
: - Sim! Ele me lembrou de algo... (Eleva seu cosmo) Sou um cavaleiro que teve o privilégio assim como meus amigos de ter recebido o cosmo de uma deusa... E esta deusa que é Athena! Esta confiante do sucesso desta jornada... E não a decepcionarei! (Aperta seu punho direito)
Éolo
: - Belas palavras de confiança e determinação... Mas não se esqueça... Todas suas técnicas falharam... Desista! Você está diante de um deus!
Ikki: - Sim! Você é um deus... E um deus que será vencido por mim!
Éolo
: - Fênix eu o vencerei e em seguida mandarei para o inferno o traidor do Olimpo!

Com o templo completamente destruído. O senhor dos ventos faz com que as correntes de ar de diversas direções juntem-se a ele.

Ikki: - Tenho de pensar numa forma de vencê-lo!


PRÓXIMO DALI


Seiya visualiza as ruínas do templo de Éolo e a ventania se é sentida de lá.

Seiya: - Aquilo é um templo. E está completamente destruído!


Seiya: - Mais uma vez esta ventania e parece que está indo naquela direção... (Sente algo) O que? É o cosmo de Ikki! Ele está lá!

Shun: - SEIYA!
Hyoga
: - SEIYA!

Os cavaleiros de Andrômeda e Cisne encontram o amigo.

Seiya com um sorriso: - Que bom revê-los!
Hyoga
: - Sim! Seiya!
Shun
fica preocupado: - Onde está Shiryu?
Seiya
: - Ficou para terminar a luta com os deuses dos ventos do norte e do sul!
Shun
: - Também enfrentamos dois deuses!
Hyoga
: - E representavam os ventos do leste e oeste.
Seiya
: - Que bom que estejam bem! Vamos para aquelas ruínas o Ikki esta lá!
Hyoga
: - Sim!

Eles começam a correr.

Shun: - Eu também estou sentindo o cosmo de meu irmão!
Hyoga
: - Além dele... A um cosmo muito poderoso!
Seiya
: - É do senhor dos ventos... Éolo!

Os cavaleiros seguem apressados para ajudar o amigo!


RETORNANDO AO COMBATE


Éolo: - Cavaleiro Fênix! Até hoje você é o oponente que mais me deu trabalho... Lembrarei de você... (Seus olhos brilham, seu cosmo também faz sua danificada armadura brilhar e assim como suas mãos) Agora a morte o aguarda!
Ikki
em pensamento: - Hércules... Assim como Athena você também esta confiante de minha determinação em prol da justiça! É agora Ikki... Não duvide de seu objetivo... Confie na vitória! (GRITA!) ATHENA! ESTEJA COMIGO NESTE MOMENTO!

Os cosmos de ambos estão ao máximo! Os ventos estão cada vez mais fortes. Seiya e os demais chegam próximo do que seria a entrada. E se seguram nas partes destruídas do templo para não serem lançados a distância.

Seiya: - A ventania esta mais forte! Temos... Temos de nos proteger!
Shun
: - Mas e o Ikki! Ele está lá! Temos de entrar!
Hyoga
: - Shun! Acalme-se! Esta ventania esta muito forte!

Os ventos estão mais e mais fortes.


RETORNANDO AO COMBATE DE SHIRYU COM OS DEUSES


Bóreas e Nótus começam a se mover.

Shiryu percebe e pensa: - Como eu imaginei... Vocês estão vivos!
Bóreas
de joelhos: - Cavaleiro de Dragão... Você me surpreendeu! (Se levanta) Mas como pode perceber... Não foi capaz de vencer nós deuses!
Nótus
também se levanta e olha para os lados: - Onde está o Seiya?
Shiryu
: - Seguiu para o templo de Éolo para ajudar o Ikki.
Nótus
: - E deixou você?
Bóreas
: - Shiryu... (Fecha os olhos) Seiya foi para a morte e você ficou aqui para ter o mesmo destino.

Em grande velocidade Bóreas dá um grito, queima seu cosmo e parte para cima do cavaleiro de Athena. O punho do deus dos ventos do norte brilha. Ele tenta aplicar um soco. Mas Shiryu se defende com seu escudo e em seguida aplica uma rasteira com a perna direita. Bóreas é atingido, sendo derrubado. Nótus vem na sequência e aplica um raio com a mão direita. Shiryu rapidamente se defende. Mas com a pressão do golpe é arrastado para trás, em seguida bate forte nas rochas. O deus dos ventos do sul não desiste aplica um soco no estômago de Shiryu que sente. E expressa à dor do impacto. O deus cruel inicia uma sequência fulminante socos no estômago e rosto do Cavaleiro de Dragão.

Nótus: - Seu maldito! Agora tente sair desta situação! Você sofrerá até a morte cavaleiro! E aguardará no inferno que em seguida, seus amigos e a miserável da Athena. Serão enviados para te fazer compania!
Bóreas
: - Isto mesmo! Acabe com ele!

Nótus continua a massacrar.

Nótus se expressa furioso: - Você pensa que nos humilhou? Eu estou furioso! MORRÁ DRAGÃO! SEU DESTINO E DE TODOS OS HUMANOS É A MORTE!

Por esta Nótus não esperava!

Shiryu explode seu cosmo!

O deus é lançado longe!

Bóreas se surpreende: - O que?

Nótus bate no chão.

O Cavaleiro de Dragão está machucado, ofegante e sangrando!

Nótus de joelhos: - Seu miserável! Como pode?
Shiryu
: - A humanidade... Jamais ficará a mercê de vocês... Enquanto existir os Cavaleiros de Athena!
Bóreas
parte para cima mais uma vez: - Você não suportará meu ataque depois do castigo de Nótus.
Shiryu
: - O que?

O cavaleiro de Athena surpreende Bóreas dando um salto, seguido de uma cambalhota sobre ele. Bóreas se vira e Shiryu aplica um chute certeiro em seu rosto. O deus cambaleia para trás com a mão no rosto.

Bóreas: - Droga! Como?
Shiryu
: - Ainda estou de pé! Não morrerei aqui! Preciso chegar ao templo de Zeus junto com meus amigos... Vocês não me vencerão!
Nótus
de pé está atrás de Shiryu: - Cavaleiro você não tem noção que acabarás de falar... Jamais sairá daqui... Você não é páreo para enfrentar dois deuses de uma vez.

Shiryu: - Isto é o que pensa!

Abrindo as asas. Shiryu dá um grande salto. Caindo próximo da montanha de rochas

Nótus: - Você sonha demais cavaleiro!
Bóreas
: - Este é o mal dos humanos... Sonhar demais!

Os deuses queimam seus cosmos e partem para cima do Cavaleiro de Dragão!

Shiryu: - Não me resta alternativa...

QUEIMANDO SEU COSMO!

Shiryu: - A última técnica ensinada pelo meu mestre!


{{{CÓLERA DOS CEM DRAGÕES DE ROZAN}}}


Os deuses: - O QUE?

A cena é impressionante!

Primeiro os inúmeros dragões fazem com que as armaduras destroçarem e em seguida seus corpos são castigados e o sangue voa por toda parte!

Eles são lançados no abismo!

Shiryu ofegante: - Acabou... Athena... Obrigado... Agora tenho de seguir em frente... Ikki e os demais estão precisando de mim também!


RUÍNAS DO TEMPLO DE ÉOLO


O senhor dos ventos continua a evocar a forte ventania.

Éolo: - Ikki... Sinta o previlégio de morrer diante de um deus!
Ikki
: - Quem será derrotado aqui é você!


{{{VENTANIA MORTAL}}}


A poderosíssima rajada de vento é formada e lançada para cima do Cavaleiro de Athena.

Ikki: - É agora! Ou serei vencido!

A imagem da Fênix surge. E com isto o punho direito de Ikki fica incandescente! O Cavaleiro vai aplicar um soco no chão!


{{{GARRAS DA FÊNIX}}}


Uma fenda é aberta e com isto uma impressionante parede de fogo é formada. (Ikki usou este ataque contra no 6º capítulo) Com isto toda a ventania, poderosa não é capaz de atravessar a técnica inteligente do cavaleiro Atheniense.

Ikki: - Esta funcionando!
Éolo
: - O que? Mas... Mas isto é impossível! Aquela parede de fogo formada pelo Fênix está contendo a minha técnica!
Ikki
: - Isto mesmo Éolo! Eu lhe disse esta vitória pertence para aquele que tem sede de justiça! É aqui que você cai!

O cavaleiro abre os braços! E os impõe!

Ikki: - VOCÊ MORRERÁ COM SUA PRÓPRIA TÉCNICA! É O PRIVILÉGIO QUE TE DOU DEUS DOS VENTOS!


{{{AVÊ FÊNIX}}}


Com o cosmo mais que elevado. Ikki aplica seu Avê Fênix que colide com sua técnica anterior. A empurra e com isto o ataque de Éolo. Acaba servindo para contra atacá-lo. Devido o poderoso golpe de Ikki!

Éolo se surpreende: - Mas isto é impossível! EU SOU UM DEUS!

É atingido!
O fogo o
envolve junto com os ventos!
Sua armadura é destruída!
O
deus dos ventos cai no chão!
Sangra bastante!
Ikki
caminha friamente até ele!
Éolo
ainda expressa vida. Mas não por muito tempo

Ikki se aproxima olha para ele: - Você poderia ter mudado seu destino.
Éolo
: - Não! Pois meu pai os ajudou traindo a Zeus!
Ikki
: - Quem é sei Pai?
Éolo
: - POSEIDON!
Ikki
: - O que? Mas Poseidon nos ajudou!
Éolo
: - Sim! Um traidor do Olimpo! Ficou do lado de Athena... Este era mais um motivo para acabar com vocês!
Ikki
: - Poseidon morreu fazendo algo que era correto... Ele morreu pela justiça! Morreu com honra!
Éolo
: - Não! Honra é morrer servindo a... Zeus! (Morre)

Ikki não diz uma palavra e fica observando por uns instantes quando...

Seus amigos: IKKI! IKKI!

Ikki olha para trás e lá vinham seus amigos e seu irmão!

Ikki abre um sorriso.

Shun corre e abraça seu irmão emocionado como sempre: - Ikki meu irmão! Que bom que está vivo! Os deuses nos diceram que Éolo o destruiria.
Ikki: - Ele tentou, mas o venci após Hércules ter me incentivado!
Hyoga e Seiya: - O HÉRCULES?
Ikki: - Sim ele apareceu e foi adiante. Para o próximo templo. Onde está Shiryu?
Shun: - Ele ficou para lutar contra demais deuses e...
Shiryu vem caminhando: - Os derrotei Shun!
Seiya olha e fica expressando alegria: - Shiryu você conseguiu?
Shiryu: - Sim! E estou bem!

De repente a voz de Athena.

Athena: - Atenção meus Cavaleiros!
Seiya fica logo em alerta: - Esta é a voz de Athena!
Ikki: - Athena!
Athena: - Sim! Parabéns por terem vencido os deuses dos ventos... Elevando ao máximo seus cosmos e superando as dificuldades! Mas apressem-se vocês ainda terão de passar por mais sete TEMPLOS antes do TEMPLO de ZEUS! Eu acredito em vocês!
Seiya: - Athena!
Hyoga: - Ainda tem muito chão pela frente!
Shiryu: - Sim!
Shun: - Vamos continuar com nossa jornada!
Ikki
: - Então vamos pessoal... O Hércules já deve estar bem à frente!

Os corajosos Cavaleiros de Athena. Seguem para o próximo templo.


SANTUÁRIO – CASA DE TOURO


A casa de TOURO também se encontra em ruínas. Aqui foi o cenário do combate entre Alebaran e Geras a deusa da Velhice. Vemos no chão o cavaleiro de ouro de TOURO. Aldebaram, com sua armadura completamente destruída e seu corpo muito machucado. O cavaleiro foi atingido naquela ocasião por um golpe poderosíssimo de Nix.

Está desacordado!

Neste momento surge um outro cavaleiro de ouro. Banhado de seu cosmo dourado, até onde vemos, só é possível indentificar até seus ombros. Seus cabelos são roxos e uma capa branca enriquece sua vestimenta. Este cavaleiro para diante do ferido Aldebaram. E estende sua mão direita que emana a aura cósmica dourada.

Neste instante algo incrível acontece!

O cosmo deste cavaleiro começa a cobrir o corpo do Cavaleiro de Touro.


SALÃO DO MESTRE


Shion esta em seu trono e expressa surpresa: - Eu não posso acreditar!
Kanon: - O que houve mestre Shion?
Shion: - Sinto que um cosmo familiar acaba de chegar ao Santuário... Este cosmo é de alguém muito poderoso que serviu a Athena no passado...
Kanon: - Também sinto este cosmo... Esta na casa de Touro... Quem é este cavaleiro?
Shion: - Ele foi o mestre do Santuário na época de 1743. No período da GUERRA SANTA contra HADES.
Kanon: - Então você só pode estar se referindo à... (Olha para Shion)
Shion: - Ele mesmo! (No momento que Shion esta falando a imagem retorna a CASA DE TOURO, onde o cavaleiro misterioso, banha Aldebaran com seu cosmo) Sage de Câncer!

SAGE DE CÂNCER

(Neste momento vemos o seu rosto)
Kanon: - Sim! Ele foi o mestre do Santuário antes de você!
Shion: - Sim! Ele lutou na guerra santa anterior conseguiu sair vivo assim como eu e Dohko! Ele é muito poderoso!


RETORNANDO A CASA DE TOURO


Sage de Câncer continua a banhar o Cavaleiro de Touro!
Neste momento aos poucos, mas ainda com dificuldades. Aldebaran abre os olhos!
Sage corresponde com um sorriso amigo.

Aldebaran com dificuldade: - Quem... Quem é...
Sage: - Não se esforce... Sou seu amigo! Athena me despertou de meu sono eterno para salvar a sua vida...
Aldebaran: - Athena?
Sage: - Sim! Deixe-me apresentar... Sou SAGE DE CÂNCER! Já fui o mestre deste Santuário... Sacrifiquei minha vida em nome de Athena no passado. E agora retorno para obedecer às ordens de nossa deusa que se encontra em batalha no Olimpo. (Olha para as demais casas que estão em ruínas) As casas de Gêmeos e Câncer estão em ruínas... Malditos deuses que servem ao mal!
Aldebaran: - Eles...
Sage: - Amigo! Descanse... Recupere-se neste momento!


CASA DE ESCORPIÃO

Nix e os demais deuses já estão no interior da casa e mas não vemos a presença de Milo.

Nix: - Hum! O Cavaleiro de Ouro de Escorpião acabou fungindo ao sentir nossa presença... Vamos em frente!

Eles começam a caminhar quando...

Milo: - Jamais viro as costas para um inimigo, sua deusa diabólica!
Nix: - O que? Como ousa?

Lá estava Milo de Escorpião elevando seu cosmo e vem caminhando e com uma expressão de muita furia

Milo- Eu sou o Cavaleiro de Ouro que guarda a casa de Escorpião... Sou Milo e eu lutarei com você! (Aponta)

Nix de forma sarcástica: - Hum! Confiante e determinado... (Queima seu cosmo) MAS PRONTO PARA MORRER!
Milo: - Vamos ver quem estará de pé quando esta luta terminar!

Nix queima seu terrível cosmo e Milo queimando o seu faz a contelação de Escorpião surgir.


Continua

BREVE

18º CAPÍTULO

SACRIFÍCO-ME POR ATHENA

Postar um comentário