sábado, 17 de janeiro de 2009

CAPÍTULO 26: AMIGO DESCANCE EM PAZ E FUNERAL DE ROSAS

O cavaleiro divino de ouro de cisne está com seu cosmo ao máximo!

O brilho ao redor de Hyoga é incrível!


Seiya impressionado: - Hyoga!

Shun: - O Cisne conseguiu anular a técnica poderosa de Anfitrite congelando os reservatórios d’agua!

Hyoga: - Antes de acabar com você sua deusa diabólica... Gostaria de te dizer uma coisa!

Anfitrite em tom sarcástico: - Hum! Pode expressar suas últimas palavras... Criatura insignificante de Athena!

Hyoga: - Poseidon foi o responsável pela nossa vitória na última guerra onde que todos os cavaleiros de Athena desta geração participaram... Ele deu a sua vida para que Athena e nós cavaleiros pudessem resgatar a paz para a humanidade! Mesmo depois de ter lutado contra a deusa Athena... Redimiu-se e morreu com honra!

Anfitrite: - Seu idiota! NÃO ME FALE DESTE TRAIDOR!


A lança de Anfitrite começa a ser banhada pelo seu cosmo!


Anfitrite prepara para lançá-la: - VÁ PARA O INFERNO COM SUAS PALAVRAS RIDÍCULAS!


ARREMESA!


Hyoga!


{{{EXECUÇÃO AURORA}}}


A técnica de cisne passa pela lança e atinge a deusa dos oceanos!

Ela grita!

Sendo arremessada para trás!

Atinge com violência os degraus da escadaria!

Na altura de uns quinze degraus!


MAS CISNE DA UM GRITO DE DOR!


Muito sangue no chão!

A lança de Anfitrite atravessou o golpe EXECUÇÃO AURORA!

E atingiu o coração de Hyoga!

O cavaleiro a segura com ambas as mãos!

Sua expressão é de muita dor e sofrimento!


Tema:

http://br.youtube.com/watch?v=HOhqlUErpIw


Seiya: - HYOGA!

Shun: - HYOGA! NÃO!


O cavaleiro de cisne cambaleia para trás e nisto a lança desaparece!

Ele cai no chão!

E muito sangue já está a sua volta!

Os cavaleiros de Andrômeda e Pégaso se aproximam já em lágrimas!


Seiya o segura: - HYOGA! POR ATHENA! HYOGA RESISTA!

Shun: - COMO? COMO A ARMADURA DELE NÃO O PROTEGEU?

Hyoga: - Se... Seiya! Não imaginava que... Não imaginava que isto iria acontecer! Minha técnica não destruiu a lança! Não... Não compreendo! Arg!

Seiya desespera-se: - ISTO... ISTO NÃO PODE ESTAR ACONTECENDO! POR QUÊ? POR QUÊ?

Anfitrite com seu corpo completamente congelado: - Esta! Arg! (Apertando os olhos) Esta lança foi banhada pelo cosmo de Zeus com o objetivo de se caso eu estivesse sendo vencida pelos cavaleiros de Athena que pelo menos eu... Eu tirasse a vida de um de vocês e... (Sorri) Consegui! Zeus se encarregará de destruir a todos vocês! (Morre)


Seiya e Shun estão em prantos!


Seiya: - HYOGA SEJA FORTE! ANIME-SE ESTAMOS... ESTAMOS PRÓXIMOS DO TEMPLO DE ZEUS... VOCÊ! VOCÊ NÃO PODE MORRER!

Hyoga: - Seiya... Mesmo que eu não resista... O meu cosmo estará com vocês... Lutem com toda determinação em nome da Deusa Athena! Para... Para trazer de volta a vida feliz que... Que toda... Arg! Que toda humanidade merece!

Shun: - Não Hyoga... Você irá conosco nós o ajudaremos a se recuperar!

Hyoga: - Amigos... Athena confiou a nós esta missão para derrotarmos os deuses... Arg! E aqui a minha técnica foi fundamental para superarmos esta deusa... Eu acredito que vocês vencerão esta guerra.



Escutamos o som do coração de Hyoga...

As batidas do coração estão muito fracas

Neste momento ele se cala...


Os cavaleiros olham para o amigo e não reagem...


Silêncio...

...

...

...


Hyoga dá um sorriso!

Lágrimas em seus olhos...

Mas agora escolhe um brilho que se destaca!

Ele fecha os olhos e sua cabeça não tem mais firmeza...



Seiya em prantos: - HYOGA!

Shun: HYOGA NÃO NOS DEIXE! HYOGA!


Um momento triste desta guerra!

O Cavaleiro Cisne despede-se em silêncio de seus amigos!


DE REPENTE TUDO EMBASSADO!

UMA COLINA BASTANTE FLORIDA

E SURGE HYOGA CORRENDO COM AQUELA CALÇA PRETA E CAMISA AZUL ESCURA.

NO CÉU O EFEITO DA AURORA BOREAL

ELE CORRE COM LÁGRIMAS NOS OLHOS!

NO ALTO DESTA COLINA ESTÁ SUA MÃE.


Hyoga: - MAMÃE! MAMÃE!

Natássia: - Hyoga! Meu filho!


Hyoga abraça sua mãe em lágrimas!


Hyoga abraçano com sua mãe: - Mamãe como eu esperei por este momento! De abraçar a senhora novamente! Agora poderemos ficar juntos mamãe!

Natássia também se emociona: - Meu filho! Eu também senti muito a sua falta... Estou orgulhosa de você!



NO OUTRO LADO DO OLIMPO


Shiryu e Ikki estão correndo e de repente ambos param.


Shiryu com uma expressão triste e já com lágrimas surgindo: - Você sentiu Ikki?

Ikki de cabeça baixa, com os olhos fechando e apertando o punho direito: - Sim... O cosmo de Hyoga foi extinto!

Shiryu olha para cima em lágrimas: - Então isto quer dizer...

Ikki: - Se as palavras do Hércules forem verdadeiras... Athena não poderá derrotar Zeus... E nós todos seremos mortos.

Shiryu: - Mas...

Ikki começa a caminhar: - Vamos em frente!

Shiryu: - O que?

Ikki: - A morte de Hyoga foi para o bem da humanidade... A morte de nosso amigo e de todos os cavaleiros de Athena que por diversas gerações morreram em nome da justiça não poderão jamais ser em vão. É nossa dádiva nesta geração darmos as nossas vidas pela paz e foi isto que o Hyoga fez! Vamos para o Templo de Zeus e o enfrentaremos como verdadeiros cavaleiros de Athena... Assim como o Hyoga foi!


Ikki começa a correr!

Shiryu o acompanha!

O durão cavaleiro de Fênix não suporta e deixa escorrer lágrimas.



EM OUTRA PARTE


A deusa Athena também sente e está com os olhos fechados já em lágrimas!


Athena: - Hyoga... Sinto muito cisne por não tê-lo protegido...


Fica assim por uns instantes

...

...

...


Athena segura firme em seu báculo e enxuga suas lágrimas: - Hyoga... Sua morte não será em vão! Eu Athena estou a caminho do encontro com meu pai para por fim a está guerra.



SANTUÁRIO DE ATHENA

CASA DE AQUÁRIO


O interior da CASA DE AQUÁRIO está tudo em verdadeira ruína.

Mas vemos ao chão banhado por um poderoso cosmo dourado o já com suas feridas aparentemente recuperadas o cavaleiro de ouro...

Camus de Aquário!


Mas podemos perceber que há outro cavaleiro de ouro que o está envolvendo com seu cosmo.


Camus abriu os olhos: - HYOGA! (Permanecendo deitado)


Porém levanta-se rapidamente gritando o nome do discípulo.

Mas cambaleia e cai!


Camus com os olhos fechados por estar meio tanto: - HYOGA! EU... EU PUDE SENTIR O COSMO DE MEU DISCÍPULO SER EXTINTO! (Lagrimas)

O outro cavaleiro: - Acalme-se meu amigo! O encontrei a beira da morte você tem de se recuperar!

Camus ainda com os olhos fechados: - HYOGA! VOCÊ NÃO! HYOGA!

O outro cavaleiro: - Tente se acalmar... Imagino como se sente!

Camus abre os olhos e se surpreende: - O que? Não pode ser... Só devo estar sonhando!

O cavaleiro meu sem graça: - Isto não é um sonho!


O cavaleiro possui uma armadura dourada com bastante semelhança a Armadura de Aquário!

Seus cabelos não um pouco esverdeados.


Camus: - Sei que é você! Arg! (Tenta se levantar não consegue e fica de joelhos) Você é o cavaleiro de ouro de Aquário do Passado... Dégel de Aquário!

Dégel: - Sim! Estou aqui por ordens de Athena!

Camus: - Athena?!

Dégel: - Isso mesmo! Nossa deusa neste momento está no Olimpo lutando com os outros cavaleiros contra os deuses olímpicos. Mas o Santuário e a humanidade estão para enfrentar inimigos muito poderosos... CAOS e os demais DEUSES PRIMORDIAIS! Por isto ela despertou a mim de meu sono eterno e acredito que os demais cavaleiros de ouro daquela época também venham lutar na era atual!

Dégel olha firme para Camus: - Seu discípulo... Não perdeu a vida em vão! Athena sabe o que estar por vir... Então nos trouxe de volta! Ele deu sua vida por amor a deusa Athena e por amor a humanidade! Parabéns Camus! Você formou um grande Cavaleiro!

Camus: - Hyoga! (Esforça-se para se levantar) Eu... Arg! Irei lutar também!

Dégel: - NÃO! As ordens de Athena são de somente os cavaleiros que estiverem em condições de lutar...

Camus: - Então isto quer dizer... Que... Não estou em condições de servir a Athena? ISSO NÃO É JUSTO! MEU DISCÍPULO MORREU LUTANDO! Eu quero lutar!

Dégel: - Vocês derrotaram uma boa parte os deuses invasores do Santuário. Mas vocês foram muito feridos e neste estado Camus... Você não pode enfrentar o inimigo.

Camus: - Mas o que a deusa Athena deseja afinal?

Dégel: - Por gratidão a sua bravura e dos demais... Ela não quer que vocês sejam mortos pelo CAOS. E por isto que retornamos nesta geração.

Camus está em lágrimas e olhando para o chão e em pensamento: - Athena... Por que nos poupaste? Por que não fez o mesmo pelo Hyoga?


Dégel dá uns passos em direção a saída e parece bem sério.


Dégel em pensamento: - Três monstruosos cosmos estão neste santuário... Jamais senti tal poder nem mesmo de Hades e nem mesmo de Athena...



OLIMPO


Seiya em lágrimas e Shun continuam a olhar para o corpo de Hyoga.


Seiya: - Hyoga... Por que você?

Shun: - Ele não apenas deu sua vida pela humanidade... Mas salvou a nós também Seiya...

Seiya passa a mão direita no rosto e olha para cima: - Shun! (Respira fundo e levanta-se) Vamos para o Templo de Zeus!

Shun: - Seiya!

Seiya: - Nós somos Cavaleiros de Athena! E a missão dos Cavaleiros de Athena ainda não terminou! Vamos acabar com Zeus! Por Athena e pelo Hyoga!


Seiya começa a correr!


Shun: - Seiya espere! Mas e o Hyoga?

Seiya para: - O Hyoga morreu acreditando em nossa vitória... Vamos dar a ele e a humanidade esta alegria! VAMOS!

Shun: - Sim!


Eles correm para a saída que estava localizada atrás do trono de Anfitrite!

Nisto a imagem vai até o corpo de Hyoga!

E fixa em seu rosto.


De repente escutamos o som das águas.

Que já haviam descongelado.

Algo está lá!

Nisto surge à mão esquerda de alguém!

Alguém se prepara para sair da água!

Sai da água e o vemos de costa...

Em sua mão direita um TRIDENTE!



SANTUÁRIO DE ATHENA

CASA DE PEIXES


Kera já está caminhando no interior da CASA DE PEIXES.

Ela já está elevando seu cosmo!


Kera: - Cavaleiro de Athena! Sei que está ai! Seu destino está em minhas mãos!

Afrodite surge umas seis colunas a frente de Kera. Está com uma rosa vermelha na boca: - O meu destino está em suas mãos? Hum! Até que para uma mulher você tem censo de humor!

Kera: - Pode brincar cavaleiro! Suas insinuações ridículas assim como aquele insignificante caminho de rosas que pôs na escadaria. Só poderia ser obra de um cavaleiro de Athena!

Afrodite retira a rosa da boca: - É! Eu imaginei que as minhas rosas dariam fim a você! Mas já que está aqui eu terei de derrotá-la! Mas antes disto vamos nos apresentar. Eu sou... (Queima seu cosmo) Afrodite de Peixes guardião da décima segunda casa do Santuário de Athena! E o mais belo entre todos os oitenta e oito cavaleiros de Athena!

Kera: - Até que para um humano você é muito bonito!

Afrodite: - Mas sinto muito em dizer... Não estou disponível para você!

Kera: - Mas que verme abusado! Eu Kera a deusa do destino dos Homens... Digo que seu destino é estar morto aos meus pés!

Afrodite: - Mas você é convencida heim!


Num piscar de olhos Kera surge próximo do cavaleiro de peixes que é surpreendido!

Ela energiza seu corpo!

E faz uma espécie de explosão cósmica mandando para longe o cavaleiro de Athena!

Mas...

Afrodite é sagaz e se recupera com uma cambalhota!

Caindo de pé e com classe!


Afrodite passa a mão esquerda em seu cabelo: - Obrigado por desarrumar meu cabelo! Agora lhe mostrarei o poder de um cavaleiro de ouro de Athena!


Elevando seu cosmo!

Ele prepara uma técnica!

E continua com a rosa vermelha em sua mão direita!

E a imagem da mesma surge atrás dele!

Ele aplica seu ataque!



{{{ROSAS DIABÓLICAS REAIS*}}}

* - Utilizado por rosas vermelhas esse ataque atinge o inimigo com seu veneno. Apenas um arranhão de seu espinho ou o seu aroma, já é o bastante para o veneno fluir no adversário. Essas rosas são altamente venenosas e quando o ataque é lançado às rosas vão contra o inimigo fazendo que ele caía no terrível sono da morte, porém o inimigo não sente dor e vai morrendo lentamente perdendo seus cinco sentidos até a morte. Afrodite em uma luta usa muito essa técnica para que o inimigo não sofra muito.



De uma rosa lançada elas se transformam em várias!

Impressionante a técnica de Afrodite!

Vai atingir a deusa!

Algo ocorre com as rosas!

Quando elas chegaram próximas a Kera!

Todas foram desintegradas!


Afrodite surpreende-se: - O que? O que houve com minhas rosas?

Kera: - Guarde-as para seu funeral seu inseto! Essa sua técnica barata não é nada diante de uma deusa!


Parte para o combate!


Kera furiosa: - O destruirei por completo!


Ela inicia uma seqüência de socos!

Afrodite vai se defendendo!

Mas a deusa atinge seu rosto e abdômen!

Mas o cavaleiro suporta e dá uma joelhada em Kera!

A deusa sente!

O cavaleiro aproveita e aplica um chute giratório na deusa que é lançada para trás e com isto colide em uma das colunas!


Afrodite: - Agora é a minha chance! SINTA O VENENO DAS MINHAS ROSAS!


{{{ROSAS DIABÓLICAS REAIS}}}


A deusa ainda está sentindo a pancada!

As rosas a atingirão!

Kera percebe o perigo e seus olhos brilham!

As rosas são novamente destruídas!


Afrodite: - Não pode ser!

Kera: - Cavaleiro... Não adianta tentar você não é páreo para mim... Você não percebe que eu fui a única a chegar à décima segunda casa do Santuário? Não perderei a chance de entregar nas mãos do Senhor Caos o Santuário de Athena com todos os cavaleiros de ouro mortos!

Afrodite: - Mesmo que seja uma deusa isto jamais ocorrerá! Em nome de Athena eu não permitirei!

Kera: - Não diga o impossível! (Eleva seu cosmo) Seu destino é a morte!


Erguendo os braços!

Tudo ao redor de ambos fica escuro!


Afrodite: - O que está acontecendo!


Nisto aparece o espaço infinito!

Kera: - Cavaleiro você acaba de cair em minha indenfensável técnica! Ela penetra logo em sua mente e em seu sistema nervoso e o levará a morte.

Afrodite: - Essa não! (Olha para o chão e só vê o espaço) O chão! Ele... Ele desapareceu!

Kera: - Você já era! Agora só me restará o mestre deste Santuário que já está a beira da morte! Adeus cavaleiro de Athena!

Afrodite: - Isto é... Isto é terrível! Como sairei dessa?

Kera: - Não há saída cavaleiro de Athena! Com esta minha técnica eu pouparei de machucar este seu belo rostinho! Afrodite foi um prazer conhecê-lo!

Afrodite: - O que?

Kera: - Quando o senhor Caos por fim na humanidade e o Olimpo... Eu visitarei esse seu belo rosto no inferno! (Dá uma sarcástica risada) DEIXE DE EXISTIR CAVALEIRO DE ATHENA!


{{{ABISMO ESPACIAL*}}}

* - Técnica ilusória que penetra na mente e no sistema nervoso do oponente. Já que a vítima esta presa no espaço infinito. E ainda tem a sensação de estar caindo e o medo extremo o levará a morte!


O cavaleiro de peixes começa a cair no infinito do espaço!

Ele grita e desaparece no vazio!


Agora tudo volta ao normal na casa de peixes.

O corpo de Afrodite está no Chão.


Kera: - Não imaginava que esta luta fosse ser tão fácil... Vou para o salão do mestre do Santuário... (Começa a correr) O Senhor Caos ficará surpreso pelo que fiz!


Próximo da saída!


A voz de Afrodite: - Obrigado pelo belo passeio!

Kera para e se vira rapidamente e surpreende-se: - O QUE? COMO? COMO CONSEGUE ESTAR DE PÉ DEPOIS DE RECEBER A MINHA TÉCNICA?

Afrodite: - Realmente aquele seu ataque foi impressionante... Mas seja qual for à técnica ilusória não funcionará comigo.

Kera: - Como é?

Afrodite: - Quando estive do lado do mal... Eu servi as ordens de Abel e neste período lutei contra o Ikki de Fênix e o mesmo me derrotou utilizando seu GOLPE FANTASMA. Aquilo acabou com minha mente para o combate e fui vencido facilmente. Então logo... Eu conheço a sua técnica!

Kera: - Muito bem cavaleiro de Athena... (Sorri) Mas você esqueceu algo.

Afrodite: - O que?

Kera eleva seu cosmo: - Sou a Deusa do Destino... Eu tenho o poder sobre o destino dos homens e contra isto você não tem como escapar!

Afrodite em postura de luta: - Isto é o que veremos!

Kera: - Já chega!


A deusa parte para o combate corpo a corpo!

Mas ela dá um salto por cima de Afrodite!

Dando uma cambalhota e segura sua proteção dos ombros!

Ela é forte apesar de não aparentar isto!

E o arremessa contra uma parede!

O cavaleiro de peixes choca-se com violência!

Mas atinge o chão ajoelhando-se!

De repente um cosmo negro envolve Afrodite!


Afrodite: - Mas o que é este cosmo?

Kera o elava: - Cavaleiro! Diferente de Moros que enfrentou Camus de Aquário... Eu não preciso lutar de forma direta para acabar com meu inimigo!

Afrodite: - Então?

Kera: - Posso fazer isto!


Fechando os olhos!

O Cavaleiro de Peixes tem seu corpo castigado em diversas partes!

Em uma seqüência que o torturado bastante!

Afrodite grita devido tamanho sofrimento!

Kera faz um movimento com a mão direta!

Afrodite é arremessado em grande velocidade no chão de bruços.

Sua armadura já apresenta rachaduras.


Kera: - Cavaleiro vai se arrepender por ter escapado de minha técnica. Será esmagado pelo meu poder!


Afrodite tenta se levantar!

Esta de joelhos e seu rosto já está machucado!

Está com um pequeno sangramento na boca!

E já alguns arranhões!

Levanta-se!


Afrodite: - Eu não me renderei a você! Eu vou lutar e a derrotarei em nome de Athena!

Kera: - Sua armadura já está danificada! Em breve não mais suportará meus ataques... Cavaleiro aceite seu destino!

Afrodite: - Jamais meu destino estará nas mãos de uma deusa miserável como você!

Kera queima seu cosmo em fúria: - Não aceitarei tal insulto! Vou acabar com sua armadura e seu corpo se extinguirá!

Afrodite em pensamento: - Desta vez a pegarei de surpresa!


O Cavaleiro de Peixes cruza os braços queimando seu cosmo!


{{{VINHA DE ROSAS*}}}

* - É um golpe extraordinário que possui três maneiras de serem utilizadas e ambas são muito efetivas e distintas, podem ser usado em forma de Ataque onde roseiras em forma de raízes cheios de espinhos partem para cima do inimigo atacando e o prendendo, logo após isso os espinhos desabrocham e tornam-se rosas vermelhas, após isso o inimigo morre pelo o veneno do aroma das rosas e formando assim um lindo jardim de rosas. Também pode ser em forma de Defesa onde os roseirais protegem o cavaleiro de peixes formando um tipo de casulo protegendo sobre sua ordem. A última forma tem a função de Cura onde o cavaleiro faz com que as roseiras o curem com seu poder, e pode também curar além dele outro ser.


Nisto surge uma imensa roseira e envolve todo o corpo de Afrodite!

Seu cosmo é impressionante e sua técnica é incrível!


Kera: - Aceitou a morte cavaleiro de Athena?


A deusa lança sua técnica!

A defesa de Afrodite é duramente atingida!

Porém ela está suportando o ataque de Kera!


Kera: - Grrr! Não sairá dessa com vida! (Explode seu cosmo) Acabarei com você! Não destruirá meu propósito!


Raízes surgem do chão com vários espinhos e enroscam em Kera!


Kera: - Mas o que é isto!


A deusa tem seu corpo envolvido rapidamente!

Ela não se dá por vencida!

Neste momento diversas rosas surgem!


Kera: - Isto! Isto é uma armadilha! Maldito Cavaleiro de Athena!


Afrodite sai de sua defesa: - O Veneno de minhas rosas destruirá você! Em nome de Athena você cairá!

Kera sorri sarcasticamente: - Cavaleiro! Essas suas rosas... (Queima seu cosmo e aniquila a técnica de Afrodite) NÃO SÃO NADA DIANTE DE MIM ASSIM COMO VOCÊ!

Afrodite: - Não pode ser! Ela escapou!

Kera: - Vá para o inferno seu inseto! (Ela vai atacá-lo novamente)

Afrodite: - Não posso ser atingido novamente!


O Cavaleiro de Athena corre para direita e esquerda!

A técnica de Kera vai atingindo e destruindo o chão e as colunas!

Nisto na mão direita de Afrodite surge uma rosa negra!

Ele eleva seu cosmo!


Afrodite: - É a hora de mudar o placar deste combate! DANCEM ROSAS NEGRAS! DANCEM...


{{{ROSAS PIRANHAS*}}}

* - Um dos seus ataques diretos mais efetivos, utilizados por rosas negras esse ataque tem como função destruir tudo em seu caminho, seus espinhos são afiados como dentes das piranhas.


O cavaleiro de peixes lança à rosa!

Na trajetória surgem várias!


Kera: - Vai cometer o mesmo erro! (Percebe) O que? Essas rosas são diferentes!


As rosas atingem o corpo de Kera!

Sua armadura sofre diversos danos!

Ela é arremessada contra uma parede!

E em seguida atinge o chão!


Afrodite com ar de alívio: - ISSO! EU CONSEGUI GOLPEÁ-LA! (Corre para cima de sua adversária) É a minha chance de por fim a este confronto!


Kera se levanta e está ferida.


Kera: - Mesmo que me tenha golpeado! Não me derrotará tão facilmente!


A deusa faz um veloz movimento e surge atrás de Afrodite!

Ele se vira rápido!

Mas Kera encosta sua mão direita no abdômen do Cavaleiro de Athena!

Ele recebe uma grande cosmo energia negra!

Ele grita de dor!


Kera: - Sua morte é seu destino! Humano desprezível! Vai desejar não ter me atacado... Estou furiosa!

Afrodite: - As forças do mal jamais venceram a justiça! Eu sou um... Cavaleiro de Athena e em nome de Athena eu a derrotarei!


Afrodite junta força e a empurra!

Ele cancela a técnica de Kera!

Mas está muito ferido e ajoelha-se ofegante!


Kera dá um salto: - Receba meu golpe de misericórdia! (Ela arma uma espécie de voadora banhada de todo o seu terrível cosmo)


Afrodite não reage!

Será uma vítima fácil para Kera!

A deusa o atinge!

Destruindo por completo o peitoral de sua armadura!

Muito sangue cai no chão!

Afrodite é lançado ao chão!

Seu corpo é arrastado por uns vinte metros!

Afrodite está mal!


Kera (Visualizamos seu rosto): - Cavaleiro de Athena sua armadura está completamente destruída! E seu corpo sofreu um grande dano... Desta você não escapa... Seu destino de morte já foi escrito!


Afrodite faz um grande esforço!

E fica de joelhos!


Afrodite: - O seu destino também foi escrito!

Kera: - O que?


Isso mesmo!

Afrodite encravou sem Kera perceber sua ROSA BRANCA na altura do coração da mesma!


Kera: - Mas o que é esta rosa branca?

Afrodite: - Essa é a minha ROSA SANGRENTA*! Ela... Ela absorverá todo o seu sangue... Você já está percebendo que ela está começando a ficar vermelha. E quando ficar for completo. Chegará à hora de sua morte!

* - A técnica mais poderosa do cavaleiro de peixes, utilizada por uma rosa branca que uma vez lançada, perfura o coração do inimigo e absorve todo o seu sangue. Quando a rosa branca torna-se vermelha é sinal de que todo o sangue foi absorvido e o inimigo acaba morrendo.



Kera: - NÃO! ISTO NÃO É VERDADE! (Kera tenta retirá-la)

Afrodite: - Não adianta tentar retirá-la! Se tentar isto ela penetrará ainda mais em seu corpo! Foi acrescentada mais uma página no destino... A sua morte!

Kera perde as força e ajoelha-se: - Não! Não pode ser verdade! Eu estou sendo vencida por um humano... Como isto foi acontecer?


Afrodite abaixa a cabeça!

Também está perdendo muito sangue!


Kera: - Mas eu consegui acabar com você... Cavaleiro de Peixes!

Morre!


Afrodite percebe e com dificuldades queima seu cosmo: - Guardei minhas rosas para seu funeral!


Várias rosas de diversas cores cobrem o corpo de Kera!

Mas neste momento uma grandiosa luz surge na entrada da Casa de Peixes!

Afrodite protege seu rosto devido à tamanha claridade!


Afrodite: - MAS O QUE É ISTO? O QUE SÃO ESTES COSMOS!


Neste momento observamos todo o Santuário!


Escutamos a voz de Shion que se expressa através de seu cosmo: - ATENÇÃO CAVALEIROS DE OURO!


A voz de Shion: - OS CAVALEIROS DE OURO QUE ESTIVEREM EM CONDIÇÕES DE LUTAR... VENHAM IMEDIATAMENTE AO SALÃO DO MESTRE! SOMENTE OS CAVALEIROS QUE ESTIVEREM EM CONDIÇÕES DE LUTAR! A DEUSA ATHENA ENVIOU PARA ESTA GERAÇÃO OS REFORÇOS DOS CAVALEIROS DE OURO DO PASSANDO. A DEUSA DA SABEDORIA JÁ RECONHECIA A AMEAÇA QUE AGORA A HUMANIDADE ESTÁ ENFRENTANDO...

ESTA SERÁ A GUERRA MAIS DURA DESDE OS TEMPOS MITOLÓGICOS...

AMIGOS!EU NÃO SEI QUANTOS DE NÓS ESTAREMOS DE PÉ QUANDO ESTA GUERRA TERMINAR....

MAS QUE FAÇAMOS COMO VERDADEIROS CAVALEIROS DE ATHENA!

A HUMANIDADE MERECE A PAZ!

CONTO COM VOCÊS!


Destacam-se: ASMITA DE VIRGEM, ARGARD DE TOURO, SAGE E SEU DISCÍPULO MANIGOLD DE CÂNCER, KARDIA DE ESCORPIÃO, AIOLOS, DOHKO DE LIBRA, SHURA DE CAPRICÓRNIO e MILO DE ESCORPIÃO.


Crédito da foto: Alessandro Ferreira

Crédito da foto: Alessandro Ferreira




Eles elevam seus cosmos!



CONTINUA!

Postar um comentário